domingo, 22 de julho de 2012

Versão em PDF da matéria do Ayrton Senna na revista Alternativa no Japão

Disponibilizo aqui o PDF que fiz da matéria que escrevi sobre o ídolo Ayrton Senna, por ocasião dos 18 anos de sua morte, completados em 01 de maio de 2012, mesmo dia em que a edição foi para as bancas. PDF feito com fotos, pois o scanner quebrou...



Abaixo o destaque dado no site do Instituto Ayrton Senna



quinta-feira, 7 de junho de 2012

A matéria que tive a honra de fazer sobre os 18 anos da morte de Ayrton Senna, foi destaque no site do Instituto Ayrton Senna.

Agradeço imensamente ao Romualdo Venâncio, funcionário do instituto, que intermediou meus pedidos de fotos e entrevista com a Viviane Senna. Agradeço também à própria Viviane Senna, por ter cedido uma entrevista exclusiva para a comunidade brasileira no Japão. A revista também contou com uma super entrevista com o ex-piloto e jornalista Edgard Mello Filho e com o publicitário Adauto Silva, do site Autoracing. Muito obrigado aos dois grandes amigos!



Muito obrigado também à equipe da Revista Alternativa, que confiou no meu trabalho para fazer a edição, além da bela montagem que fizeram e a apurada conferência do texto.

Deixo o link da página do Instituto Ayrton Senna, onde a matéria foi mencionada. Basta clicar aqui.

Deixo também o link com o arquivo PDF da edição da revista em fotos, para você poder baixar de qualquer parte e ler a matéria. Clique aqui para baixar o arquivo.

Errata: Na entrevista com o Edgard Mello Filho, cometemos o erro de inserir a foto do Adauto Silva. Tal equívoco foi corrigido com uma errata na edição seguinte e, com a publicação da foto correta do Edgard.




sábado, 2 de junho de 2012

Minha participação no programa Loucos por Automobilismo!



Galera, hoje participei do maior podcast do Brasil sobre automobilismo, o Loucos por Automobilismo, comandado pelo grande Adauto Silva, e que possui a estrela do enorme Edgard Mello Filho. O Edgard não participou do programa por conta de compromissos profissionais, sendo que eu assumi a cadeira do mestre de forma excepcional nesta semana.
Espero que gostem!





quarta-feira, 21 de março de 2012

Ferrari Racing Days - Suzuka, Japão, 16,17 e 18 de março de 2012

A Ferrari organizou o tradicional evento Ferrari Racing Days 2012 no autódromo de Suzuka. Realizado entre os dias 16, 17 e 18, o evento atraiu tifosis de todo o Japão.
Diversas maquinas da equipe italiana, na verdade centenas ou até milhares delas encantaram aos fãs da marca do "Cavallino Rampante". Confesso que, pela primeira vez em minha vida, tive uma overdose, de Ferraris, é claro! Nunca tinha imaginado presenciar um evento de tal riqueza e imponência. Se me perguntarem hoje sobre quais Ferraris eu já vi, posso responder com certeza que todas, praticamente todas já fabricadas estavam no local.
Do estacionamento externo do autódromo, ao interno, Ferraris eram praticamente onipresentes.
Tive também o privilégio de assistir duas provas do Ferrari Challenge, que utiliza modelos 458 Itália da fábrica italiana. Diversos modelos desfilaram na pista e aceleram até o limite, como a divina Ferrari FXX.
O ex-piloto de F1 Mika Salo, que inclusive disputou seis provas pelo time italiano no ano de 1999, substituindo ao alemão Michael Schumacher, que se recuperava de um acidente, participou ativamente do evento. Primeiro competindo na prova do Ferrari Challenge, com o carro de número 458, depois, andando com o carro de F1 da equipe que disputou o campeonato mundial de 2008 da categoria.
Para os fãs, além dos carros, corridas e toda atividade na pista, e sobretudo para quem comprou o ingresso com acesso aos boxes, poder curtir de perto as máquinas entrando e saindo da pista, sentir o ronco dos motores, foi um raro presente. Um museu foi montado com vários carros da marca italiana, desde modelos do início da sua produção até os mais atuais, como a F40, F50 e Ferrari Enzo. Uma concessionária da marca no Japão disponibilizou alguns carros para os fãs entrarem e terem o prazer de pelo menos, saber como é estar ao volante de uma Ferrari, mesmo que parada. Claro que eu aproveitei a oportunidade e, em parte, realizei um sonho que vem desde menino, entrando em duas Ferraris, dentre elas, a 458 Itália.

Daniel Gimenes

  Ferrari FXX



Ferrari Dino

O passado da marca presente no evento.

Um modelo azul, que blasfêmia, dirá o tifosi mais fanático...

Mika Salo (o primeiro da direita para a esquerda), chegou em terceiro na prova do Ferrari Challenge.

Mika Salo após o final da prova do Ferrari Challenge.

  Mika Salo deixando os boxes com a Ferrari de 2008.



Ferrari 458 Itália - Ferrari Challenge

Ferrari 458 Itália - Ferrari Challenge


 F40

F50

Enzo


 Ferrari 412 T2

Ferraris de F1

Ferrari de 2008, com o seu feliz proprietário, aproveitando para andar neste dia de festa.  


 Ferrari de 2003 com seu outro feliz proprietário.


Eu, com a mão no volante de uma Ferrari Itália 458!

Eu, simplesmente na Ferrari 458 Itália!

O caminhão mais belo que existe! 


sábado, 10 de março de 2012

50 anos de Suzuka

Em 1962 a Honda inaugurou na provinciana cidade de Suzuka, ao lado de uma de suas fábricas, uma pista particular, que buscava servir de palco para a montadora testar os carros e protótipos que desenvolvia. Logo, a pista começou a chamar a atenção dos automobilistas japoneses. Com um traçado desafiador e, extremamente veloz para a potência dos carros de turismo da época, o traçado se tornou em pouco tempo o principal do país.

 Takuma Sato - McLaren MP4/5 - 1989


A pista de Suzuka entrou definitivamente para a história do automobilismo mundial no ano de 1987, quando após duas tentativas fracassadas na pista de Fuji, o Japão finalmente teria um palco à altura para a realização de seu GP. E que corrida inaugural foi aquela. A dupla da Williams, que utilizava motores Honda, Nelson Piquet e Nigel Mansell travava uma guerra interna. O embate terminou nos treinos com uma pancada do inglês, que buscava descobrir os limites da pista japonesa, o que de fato ele conseguiu. Nelson Piquet era coroado com o tricampeonato e se tornava o novo rei da Fórmula 1. Na prova Berger venceu, dando esperanças para os tifosis na busca do título do ano seguinte, que acabou com completo domínio da McLaren Honda.


 Minardi 1992


Foi na pista japonesa que vimos o título do Senna em 1988, a dura derrota em 1989 e o bi em 1990.  Neste mesmo ano vimos o “renascimento” do Piquet, trazendo na cola o amigo Moreno na Benetton, além do pódio de um piloto da casa, com a terceira colocação de Aguri Suzuki. Em 1991 mais uma festa do Brasil, mais um título do Senna, o terceiro e último. Ainda vimos o Becão vencer ali em 1993, ocasião em que ostentou uma pequena bandeira do Japão na lateral do capacete, agradecendo ao apoio que sempre recebeu dos nipônicos.


 Aguri Suzuki - Larrousse 1990


A pista de Suzuka era até então palco certo de vitórias brasileiras. Até a última vitória do Ayrton, apenas em 1989 e 1992 o resultado da corrida não foi positivo ao Brasil. Depois desta fase de ouro, tivemos apenas uma vitória isolada de Barrichello na prova de 2003, assegurando desta forma, independente do resultado de Michael Schumacher, o titulo para o alemão.


 Jean Alesi - Lotus 101T 1989


No aniversário de 50 anos da pista, que está sendo comemorado neste mês, com diversos eventos, o público ganhou um belo presente no sábado, 03 de março. Carros e pilotos que fizeram a história da pista e da Fórmula 1 andaram no traçado, em apresentações que duraram pouco mais de quatro voltas, mas que encantaram aos nostálgicos fãs.


 Satoru Nakajima - Lotus 100T - 1988

Takuma Sato pilotou a McLaren MP4/5 de 1989, outro piloto nipônico, Satoru Nakajima, o velho samurai, andou com a Lotus 100T de 1988. Jean Alesi retornou ao traçado pilotando a Lotus 101T, que foi do mesmo Nakajima no ano de 1989. Com a Wiliams FW 11B, o veterano piloto japonês Kazuyoshi Hoshino, uma espécie de Ingo Hoffman local, hoje dono de equipe na Super GT japonesa, fez o traçado correto sem encher os pneus, como fez o Mansell em 1987. Aguri Suzuki andou com sua Larrousse de 1990, a mesma que o levou ao pódio na prova vencida por Piquet. Uma Minardi de 1992 e a Ferrari de 2003 completaram a festa.

 Kazuyoshi Hoshino - Williams FW11B - 1987


O público pode entrar na pista momentos antes dos monopostos andarem. Os carros ficaram parados no grid e as pessoas envolta, ordeiramente, cada um chegava, batia sua foto e saia para curtir alguma outra atração. A emoção de estar ali foi enorme, ver de perto os boxes, andar na pista de tanta história e conquistas, principalmente para o Brasil, foi um privilégio. 


McLaren MP4/5 - 1989 - Boxes

O evento ainda contou com provas da Fórmula Japão, uma espécie de GP2 japonesa, demonstrações de carros de turismo, protótipos, motovelocidade, drift e diversas atrações fora da pista.


Williams FW11B no meio do público 


Parabéns Suzuka, e que mais 50 anos de história estejam em seu caminho. Se possível, recheados de conquistas para o Brasil. 


 Carro de Fórmula Japão

Dentro dos pitlane no templo de Suzuka


quarta-feira, 7 de março de 2012

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Patrick Tambay, carregado pelos tifosis após vencer em Ímola!

Em 1983, Patrick Tambay venceu o GP de San Marino, que era tradicionalmente disputado na pista de Ímola, território italiano. A torcida foi a loucura na festa que fizeram junto do ídolo! Momento marcante da história da Ferrari e da F1!




domingo, 19 de fevereiro de 2012

Agora você me encontra no site da revista Alternativa.

Aos amigos que acessam meu blog sobre Fórmula 1, venho comunicar que a falta de postagens recentes neste blog, vem do fato de que agora tenho um blog sobre o mesmo tema, no site da revista Alternativa.
A revista Alternativa é a maior da comunidade brasileira no Japão, publicando quatro revistas por mês, duas quinzenais com conteúdo nacional e duas regionais com periodicidade mensal. 
Tenho trabalhado como repórter há cerca de uma ano e meio na Alternativa, e há alguns meses ganhei um blog sobre automobilismo no site da publicação. Portanto, a quantidade de postagens do Fórmula 1 Emoção Incomparável, caiu muito nos últimos meses, pois me dedico ao mesmo assunto no site da revista. 
Não irei encerrar o Fórmula 1 Emoção Incomparável, porém a quantidade de postagens mensais será bem menor. Mas, sempre terei algo diferente e curioso para postar ou contar aqui, portanto, continuem prestigiando este blog, além do que todo acervo de postagens antigas estará disponível.
Sigam também meu blog no site da Alternativa, clicando no link abaixo:


Abração e até mais!
Daniel Gimenes